ELAS SEMPRE CONSERTAM

Por: Lamorve Bagman Jr.

A mulher sempre foi mais decidida que o homem. Sei bem disso. Lá em casa é ela que decide.

O homem na realidade sempre foi um pangaré. Napoleão? Era homem. Se fosse mulher não teria invadido a Rússia a cavalo. Teria pegado um táxi.

O homem é imprudente, gosta de achar que pode tudo e acaba se quebrando no final. Não é atoa que ele inventou o carro e ela o Raio-X.

A mulher tem um toque refinado, como o açúcar. O homem é grosso como o sal.

A mulher entende de tudo um pouco. Gosta de ler e ter um embasamento antes de qualquer debate. O homem gosta mesmo é do pós-debate (a pancadaria no caso).

Elas adoram um ambiente limpo. Não toleram sujeira e isso, sem dúvida, auxilia em nosso bem estar. Já o homem é porcalhão. Dormiria sem problema algum num contêiner de construção civil. Não é atoa que ela veio da costela e ele do pó.

Outra coisa: elas estão cada vez mais independentes. Trabalham, cuidam das crianças, lideram, orientam, enfim, tudo. Já o homem está cada vez mais vagabundo. Para dobrar uma roupa é uma dificuldade. Lavar uma louça então... Lembram-se daquele papo de igualdade? O caso é que a desigualdade trocou de lado. Agora, nós homens temos menos direitos. E o que fazemos para reverter a situação? Nada, pois somos patuscos. Podemos até reclamar nossos direitos, mas apenas se isso não envolva levantar do sofá.

A tecnologia nos traiu. As informações mais interessantes para o homem não alteram em nada sua situação nas redes sociais. Enquanto as mulheres compartilham “conquistamos direitos aqui e ali”, o homem compartilha que “o Malutron tem 85% de chances de subir a série D caso Leslienilson se recupere da desinteira”. É um caso perdido esse homem.

A mulher cultiva o amor. Ah, o amor! As mulheres são mais sensíveis a ele. Os homens até amam, mas na mutualmente. Mulheres amam o semelhante. O homem ama a futilidade. No noticiário, elas adoram ver bons exemplos. Eles querem ver o circo pegando fogo. Na política, elas propõem soluções. Eles votam naquele da cesta básica. O homem é malandro. Ou se acha malandro. A mulher é esperta.

Enfim, agora falo de minha esposa. Linda, maravilhosa, inteligente e esperta. Ela faz o melhor pudim do mundo! E eu, para variar, sempre queimo a carne do churrasco, pois converso demais. Ela disse que eu não teria sobremesa. Eu disse que faria de tudo para que isso não ocorresse. Ela disse que eu teria que lavar a louça. Pedi um habeas corpus. Negado. Então apelei para a minha sogra. Condenado. Cumpri a pena. Satisfeitas? Agora, será que posso pegar a sobremesa? Obrigado!

Mulheres. Podemos estragar tudo. Elas sempre consertam.

Publicado
Visualizações
462