Comentários (7)
Por

★★★★★
estudo do caso
a verdade que todo caso deve ser estudado e se constituição fala que homens e mulheres são iguais, por que a lei protege só a mulher em casos de violência moral, psicológica, entre outros?
alguns tipos de violência que a lei menciona, muitas vezes são praticadas pela mulher, então a lei tem que ser melhor elaborada, até pra proteger a própria mulher de uma suposta agressão física por parte do homem.
Por

★★★
INFRAÇÕES PENAIS
Quais infrações penais podem ocorrer no caso de violência familiar?
Por

★★★
Maria da penha
No caso da minha irma. A maria da penha nao resolveu nada o ex dela fala e faz o que quer e nao acontece nada. Minha irma foi ameacada de morte. Bateram nela , amararam ela. Foi feito boletim. Quebra de sigilo etelefonico. E constou que o numero e dele .ate hoje nao aconteceu nada.ela nao pode sair de casa sozinha, nem ficar sozinha pois tem pessoas seguindo e vigiando ela. Temos muitas provas. Mas nada acontece. Nao entendo que lei e essa que diz ajudar as mulheres. Ela precisa mais do que nunca
Por

★★★★
Meu caso
Eu fui preso na lei maria da penha.Dai fui solto responde em liberdade. Agora saiu a audiência, estou com muito medo, eu corro risco de ser preso novamente. Não quero mas volta pra a quele lugar. Preciso de u,a resposta. Min ajuda
Por

★★★
Violência contra a mulher
As punições impostas aos agressores ainda são muito brandas e não inibem a repetição dos fatos. Um homem que utiliza-se da violência contra a mulher, violência esta psicológica, moral, patrimonial e até física, em geral está acostumado a agir assim, se formos verificar o histórico desse homem, ele já agiu assim com outras mulheres anteriormente, só que , infelizmente, a maioria de nós não denuncia, sofre calada.

Fui vítima desse tipo de violência, e digo, que faz muito mau para a mulher, começa com as violências psicológica e moral, e vai piorando,se a mulher permanece no casamento ou no relacionamento,acaba evoluindo para a violência física, com ameaças de morte, e como vemos nos jornais estaduais e nacionais atuais, o homicídio contra as mulheres tem aumentado muito. O agressor deveria, no mínimo, ser obrigado, a passar por um tratamento psiquiátrico. E as mulheres deveriam tentar descobrir como foram os relacionamentos anteriores do parceiro, antes de se envolver mais com eles.
Por

★★★★
Ao outro ponto de vista.
Achei muito interessante o seu artigo, pois o alicerce desta lei, é o contexto retrógrado ofertado a todas nós mulheres. Àquelas reconhecidamente como "Amélia" (que era a mulher de verdade!). Acredito sim, que todo e qualquer tipo de violência deva ser devidamente coibido. Muito bem dito no artigo, há sim mulheres más... muito más. E como fica a vida desse suposto agressor? No momento, esta é a reflexão que seu brilhante texto me trás. Que você continue produzindo textos de tamanha qualidade como o anterior. Muito êxito em sua caminhada.
Por

acho ainda muito branda a penalidade
Acho muito branda a penalidade aplicada aos agressores, pois as marcas das humilhações são muito profundas ,são chagas que sangram constantemente mesmo nos tratando emocionalmente e ainda usando de inúmeros artifícios para nos reerguermos, e difícil torna-se o nosso dia a dia, acredito que deveriam serem obrigados a se tratarem psiquiatricamente talvez seria um inicio.

Comentar Ver todos 7 comentários